Vitrine Esportiva

Atlético – MG Campeão da Copa do Brasil!

INCONTESTÁVEL! Depois da goleada por 4 a 0 aplicada no jogo de ida sobre o Athletico, no Mineirão, o Galo mostrou porque é o melhor time do Brasil em 2021 e fez mais uma grande atuação ao vencer novamente o Furacão, desta vez, por 2 a 1, e ficar com o título da Copa do Brasil. Os gols do Atlético Mineiro foram marcados por Keno e Hulk. Jaderson descontou para o Athletico Paranaense.

Foto: Pedro Souza / Atlético

Na primeira etapa, o Furacão até chegou a dar esperanças para a sua torcida, quando Pedro Rocha, abriu o placar na Arena da Baixada. Mas com o auxílio do VAR, o gol foi anulado, por conta de um desvio da bola na mão do jogador, antes de ir para o gol.

Superior tecnicamente, o Galo rapidamente entrou no jogo e marcou o seu gol depois de um contra-ataque letal, em que Zaracho, invadiu a área e serviu Keno, que livre de marcação, abriu o placar para o Atlético-MG.

No segundo tempo, o Galo seguiu melhor que o Atlhetico e chegou ao segundo gol com Hulk, aos 30 minutos da etapa final. Savarino achou o camisa 7 em ótimas condições. O jogador saiu cara a cara com Santos, e com uma cavadinha, encobriu o arqueiro para marcar o gol que selou o título do Atlético. O Furacão ainda teve tempo de descontar com Jaderson, aos 42, mas foi só.

ATLHETICO: Santos; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Zé Ivaldo, Abner; Erick, Christhian (Fernando Canesin), Léo Cittadini (Jader), Terans, Pedro Rocha (Jaderson); Renato Kayzer (Vinicius Mingotti). TÉC: ALberto Valentim

ATLÉTICO-MG: Éverson; Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso, Guilherme Arana; Jair (Tche Tche), Allan, Keno (Calebe), Eduardo Vargas (Nacho Fernandez), Zaracho (Savarino); Hulk (Sasha). TÉC: Cuca

Outras Notícias

Timão ficou no 0 a 0

Pela Libertadores da América na partida entre Corinthians e Boca Juniors o placar ficou zerado na Neo Química Arena, o destaque maior