Vitrine Esportiva

Uma péssima atuação e derrota

A perda da invencibilidade do Botafogo e com uma derrota chamativa pelo placar que não diz como foi a disputa. O Náutico venceu o Botafogo nos Aflitos, por 3 a 1, em partida válida pela quinta rodada da Série B.

O primeiro lance foi quando devido a uma falta, teve dois cartões amarelos para as duas equipes e o técnico do Náutico foi expulso por reclamar da arbitragem. O Náutico saiu na frente com um gol contra de Pedro Castro após um escanteio.

Segunda parte da partida e aos dez, o Botafogo perde a chance de empatar duas vezes. Quase na metade do segundo tempo, o atacante Erick, rabiscou na área e sofreu penalidade com Paulo Victor dando um carrinho e cometeu um pênalti. Kieza bate e perde com o goleiro defendendo em dois tempos. Chega nos 29 minutos e Rafael Moura, toca para Diego Gonçalves toca numa bela posição para Felipe Ferreira que empatou a partida.

Chaga aos três minutos para terminar a partida, que parecia que ia terminar com o placar magro, mas Paulo Victor, comete outro pênalti bobo com a bola indo para a linha de fundo. Jean Carlos cobrou no ângulo esquerdo de Douglas Borges, é essa passou. A partida estava no término e o Náutico marcou outra vez com Paiva num belo chute.

Náutico: Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Matheus Trindade (Luiz Henrique), Rhaldney (Marciel) e Jean Carlos; Erick (Paiva), Vinícius (Matheus Carvalaho) e Kieza (Giovanny). Técnico: Hélio dos Anjos.

Botafogo: Douglas Borges; Warley (Daniel Borges), Kanu, Gilvan e Paulo Victor; Luís Oyama, Pedro Castro (Rafael Moura) e Chay (Diego Gonçalves); Marco Antônio (Felipe Ferreira), Guilherme Santos (Barreto) e Rafael Navarro. Técnico: Marcelo Chamusca.

 

Foto principal: Tiago Cal

Outras Notícias