Vitrine Esportiva

Rosamaria: “Temos que estar sempre prontas para ajudar”

Por Kenia Telles

Rio, 30/7/2021 – Quem conversou com Rosamaria após a vitória do Brasil sobre a Coreia do Sul, na estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no último domingo, dia 26, viu a sua felicidade. E não era para menos. A jogadora entrou no final do segundo set, quando a seleção brasileira vencia por 23/22 em um jogo equilibrado, e marcou os dois últimos pontos – um de bloqueio e outro de ataque -, e no terceiro set, quando o time perdia por 8 a 5. O Brasil ganhou por 3 a 0.

“Foi muito bom. Fiquei muito feliz por ter entrado bem em momentos decisivos. Temos que estar focadas o tempo inteiro para que a hora que for preciso, a gente consiga entrar e reverter uma situação importante. Às vezes uma mudança de energia já funciona, já ajuda, e acho que eu e a Roberta conseguimos imprimir isso. E é o que a gente trabalha para fazer. Somos um grupo, e temos que estar sempre prontas para ajudar”, afirmou Rosamaria, que marcou seis pontos no jogo.

“Saiu o peso da estreia, da ansiedade. Mas agora não existe um caminho fácil. Do primeiro ao último jogo vai ser sempre muito difícil. A ansiedade da primeira partida passou, mas não quer dizer que daqui para frente será fácil”, afirmou a oposta/ponteira da seleção brasileira.

Outras Notícias

Flamengo é eliminado no Maracanã.

Um resultado inesperado no Maracanã. O Flamengo, pela semifinal da Copa do Brasil, perdeu para o Athlético Paranaense pelo placar de dois

Santos vence o Flu na Vila

Jogando na Vila Belmiro, o Santos venceu por 2 a 0 com gols de Madson e Diego Tardelli. Resultado importantíssimo para o