Vitrine Esportiva

Maique: “Não imaginava viver tudo isso”

William Lucas/Inovafoto/CBV

Por: Kenia Telles

Rio, 12/4/2021 – Quando o Minas Tênis Clube disputou sua última final na Superliga masculina de vôlei, em abril de 2009, Maique tinha apenas 11 anos. Era a época em que ajudava a mãe na colheita de café e o pai como servente de pedreiro, em Santo Antônio do Amparo (MG), sua cidade natal. A partir desta quarta-feira, dia 14, o líbero do Fiat/Minas (MG) terá a oportunidade de dar o passo inicial para fazer história no clube. A equipe mineira disputará o primeiro jogo da final da Superliga 20/21 contra o EMS Taubaté Funvic (SP).

“Nem imaginava viver tudo isso com aquela idade. Com 11 anos, a minha preocupação era ajudar os meus pais em casa de alguma forma. Olho para trás e passa um filme na mente: a criança cheia de sonhos que eu era e, hoje, me tornando um homem realizando tudo aquilo e podendo dar um conforto melhor para a minha família”, disse Maique.

“Essa é a minha primeira final de Superliga. Era um momento muito esperado. É uma mistura de emoções até difícil de expressar. É um sentimento de gratidão e de muita alegria”, afirma o líbero do time mineiro.

 Estar na decisão da Superliga foi uma missão mais complicada nesta temporada. Afinal, a pandemia de Covid-19 mexeu com a maioria das equipes. “Foi difícil não só para nós, mas para todas as equipes, e demos a volta por cima. Enfrentamos alguns casos de Covid e também de lesões, mas, com todo o suporte e a estrutura do Minas, conseguimos nos recuperar bem e estar com força máxima nessa final”.

O confronto entre Fiat/Minas e EMS Taubaté Funvic também terá em quadra o “duelo” entre Maique e Thales, os dois melhores líberos da atualidade do vôlei brasileiro. “Para muitos, sim, mas só quero entrar e manter o nível do meu trabalho. Eu quero o título e dar o melhor de mim, sempre”, disse Maique que, de acordo com as estatísticas da competição, é o primeiro colocado na recepção, com 76% de eficiência.

Com cinco campeões olímpicos, o time paulista é considerado favorito para a decisão. “Mas isso não nos abala, até porque acreditamos na nossa equipe e em todo o trabalho que estamos fazendo. Independentemente de quem esteja do outro lado, buscamos a vitória”, afirmou Maique que, há quase sete anos, defende o clube mineiro.

  A segunda partida da final da Superliga entre Fiat/Minas e EMS Taubaté Funvic acontecerá na próxima sexta-feira, dia 16. Se houver necessidade de um terceiro jogo, ele será realizado no domingo, dia 18. Os confrontos serão sempre às 19 horas, com transmissão ao vivo do canal Sportv 2.

Outras Notícias

Tudo igual na Arena da Baixada!

Uma bela partida de jogo de ida na semifinal da Copa do Brasil. Em partida realizada no Paraná, o Flamengo empatou com

Botafogo vence em casa por 3 a 0

Depois do empate dramático contra o Cruzeiro, o Botafogo voltou a jogar na noite desta quarta-feira, no Nilton Santos, contra o Brusque,