Vitrine Esportiva

Botafogo fica no 1 a 1

Com o apoio maciço da torcida botafoguense da região centro-oeste do Brasil, o Botafogo foi até Goiás, para visitar o Atlético-GO, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2022.

Atlético-GO e Botafogo fizeram um primeiro tempo burocrático, com muita movimentação e poucas finalizações. Melhor na partida e com maior posse de bola, o Alvinegro até que tentou. Foram seis tentativas de conclusão, das quais, cinco foram bloqueadas pela defesa do Dragão.

Bem diferente do que foram os primeiros 45 minutos, o segundo tempo começou de forma eletrizante, e em menos de três minutos, tivemos mais finalizações o gol do que em toda primeira etapa. Com duas alterações promovidas no intervalo, quando Umberto Louzer promoveu as entradas de Shaylon e Baralhas, nos lugares de Jorgindo e Edson, o time da casa voltou melhor que o Fogão, mas achou o seu gol em um lance de infelicidade.

Vítor Silva/Botafogo

Aos seis minutos da etapa final, Marlon Freitas tentou um chute despretensioso de fora da área. Diego Loureiro tentou encaixar, mas viu a bola passar entre suas mãos e suas pernas, antes de morrer no fundo da rede alvinegra. 1 a 0 para o Dragão.

Minutos após o gol, Luís Castro promoveu as entradas de Chay e Patrick de Paula, nas vagas de Lucas Piazon e Lucas Fernandes. Apesar das trocas, o Botafogo demorou a acordar na partida e poderia ter saído com o empate de Goiânia, se não fosse mais um erro do árbitro Luiz Flávio de Oliveira contra o Alvinegro.

Chay marcou o gol de empate do Bota, mas a arbitragem viu impedimento de Diego Gonçalves, que entrou durante a segunda etapa. Porém, o atacante não participou da jogada. Por ser um lance interpretativo, Luiz Flávio não foi chamado pelo VAR.
Mas no final das contas, quem ajudou mesmo o Glorioso foi a sorte. No último lance do jogo, Chay inverteu bola para Saravia, que completou de primeira para dentro da área e em um lance de total infelicidade, Leandro Barcia, jogou contra o próprio patrimônio, empatando o jogo para o Fogão e dando números finais a partida.

Décimo-primeiro colocado na tabela de classificação do Brasileirão, o Botafogo volta a jogar no próximo domingo, às 11h, contra o Juventude.

ATLÉTICO-GO 1X1 BOTAFOGO

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Dudu, Wanderson, Ramon Menezes e Jefferson; Edson (Gabriel Baralhas), Marlon Freitas e Jorginho (Shaylon); Airton (Leandro Barcia), Léo Pereira (Churín) e Wellington Rato (Rickson)
Técnico: Umberto Louzer

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Saravia, Philipe Sampaio, Kanu (Victor Cuesta) e Daniel Borges; Luís Oyama (Matheus Nascimento), Lucas Fernandes (Patrick de Paula) e Lucas Piazon (Chay); Gustavo Sauer (Diego Gonçalves), Victor Sá e Erison
Técnico: Luís Castro

Outras Notícias

Mengo vence Sporting Cristal

O Flamengo conquistou mais uma vitória, desta vez contra o Sporting Cristal por 2 a 1 no Maracanã, pela Libertadores da América.