MUNDIAL DE CLUBES: Cachopa destaca motivação para estreia Competição começa nesta terça e russo Zenit Kazan é o primeiro adversário do Sada Cruzeiro

Tricampeão mundial de clubes (2013/2015/2016), o levantador do Sada Cruzeiro, Fernando Cachopa, entrará em quadra com a equipe mineira em busca do quarto título da competição nesta terça-feira, dia 3, em Betim (MG). O adversário será o vice-campeão Zenit Kazan, da Rússia. Este será o segundo ano consecutivo de Cachopa como titular do representante brasileiro.

“De todos os Mundiais, lembro, principalmente, o do ano passado, que foi o primeiro que eu joguei. Acho que jogar uma competição de nível tão alto com essa é importante para mim e para a minha carreira. Quero continuar crescendo e evoluindo como jogador. Me motiva muito querer jogar em um nível altíssimo assim”, afirmou Cachopa, 23 anos.

FOTO: Agência i7/Divulgação Sada Cruzeiro

FOTO: Agência i7/Divulgação Sada Cruzeiro

Na quarta-feira, dia 4, o Sada Cruzeiro enfrentará o Civitanova, campeão da Europa e, na quinta-feira, 5/12, jogará com o Al-Rayyan, do Catar. As semifinais do Mundial serão disputadas no sábado, dia 7, e a decisão do título no domingo, dia 8.

Não se pode apontar favoritos antes de a bola subir. Temos, esse ano, uma equipe em formação, com várias peças novas, e que tem trabalhado muito duro para evoluir e crescer em conjunto”, disse Cachopa, que vem sendo um dos destaques da equipe na Superliga 2019/2020, na qual, o Sada Cruzeiro ocupa, atualmente, a terceira posição. Além disso, Cachopa vem demonstrando uma grande evolução, especialmente, após a convocação para a seleção brasileira.

 “Essa é uma temporada especial, mas acho que todas são. Como ainda está na primeira parte, espero que seja incrível. Vou fazer de tudo para que eu tenha uma evolução grande e que a equipe vá bem também”, completou o levantador

mm

Repórter: Kenia Telles

Jornalista

Leave a Comment