Cachopa: “Fizemos coisas muito boas no Mundial que vamos levar para o resto da temporada” Sada Cruzeiro volta as atenções para a Superliga e neste sábado enfrenta o Apan Blumenau

Quarto colocado na Superliga masculina de vôlei 2019/2020, com um jogo a menos, o Sada Cruzeiro volta as atenções para a competição após a conquista do vice-campeonato mundial, no domingo passado. O time mineiro será recebido pelo Apan Blumenau (SC), neste sábado, dia 14, às 16 horas (horário de Brasília), em Blumenau. O time catarinense ocupa o sexto lugar na classificação.  

Foto: Divulgação/FIVB

Foto: Divulgação/FIVB

A derrota para o Lube Civitanova, da Itália, na decisão do Mundial, por 3 sets a 1, deixou um aprendizado, segundo o levantador do Sada Cruzeiro, Cachopa.

“Crescemos muito. Entramos no Mundial de um jeito e saímos melhores como conjunto. Ainda estamos em formação, mas se viu uma evolução muito bacana. Acho que também mostrei uma evolução, mas que se deve muito também ao nosso desempenho como time. Vejo esse Mundial como sendo melhor do que o do ano passado”, disse Cachopa. “Vimos que podemos jogar em um nível bastante alto. Fizemos coisas muito boas na competição que vamos levar para o resto da temporada”, completou.

O levantador do Sada Cruzeiro protagonizou uma cena ao final da partida contra a equipe italiana ao deitar-se na quadra e ficar pensativo. “Fizemos um grande jogo e um grande campeonato como equipe. Fiquei pensando que tivemos a chance de vencer e não conseguimos. Deixei tudo o que tinha lá dentro, na decisão. Não mudaria nada. Sem arrependimentos”. Aos 23 anos, Cachopa jogou o Mundial como titular pelo segundo ano consecutivo e já ganhou mais confiança da torcida cruzeirense.

“Acho que, pouco a pouco, as pessoas podem ir reconhecendo o meu trabalho. Me esforço muito para que a gente tenha os melhores resultados”, disse o levantador.

Antes da paralisação da Superliga para as festas de fim de ano, o Sada Cruzeiro terá ainda mais dois compromissos difíceis na competição. Na próxima segunda-feira, dia 16, jogará contra o Sesi-SP, em Betim (MG), e no dia 21, o time irá à cidade de Taubaté (SP), onde será recebido pelo EMS Taubaté Funvic, único invicto até o momento, com sete vitórias. O retorno às quadras dos jogadores do Sada Cruzeiro acontecerá no dia 5 de janeiro, quando enfrentará o Fiat/Minas (MG).

mm

Repórter: Kenia Telles

Jornalista

Leave a Comment