Canoagem: Mais um largado Olímpico Falta espaço, acessibilidade, estrutura. Falta tudo para os atletas que treinam no Rio

Foto: Divulgação

Manhã de sol, paisagem linda, equipe de canoagem treinando na Lagoa Rodrigo de Freitas, aparentemente tudo perfeito, não é mesmo? Mas não! Infelizmente não é Legado Olímpico, é Largado Olímpico. O presidente da Comissão de Esportes e Lazer da Câmara de Vereadores, Felipe Michel, foi acompanhar o treinamento de atletas e saiu de lá impressionado com a falta de estrutura ao esporte.

A situação dos atletas e paratletas da canoagem vai de mal a pior. Não há espaço, acessibilidade, estrutura ou incentivo para eles se desenvolverem na cidade. A modalidade que foi medalhista nas Olimpíadas e Paralímpiadas, vive essa realidade. O vereador esteve com o paratleta Pedro Estrela, e os treinadores Ricardo Maia e Carlos Ivan. Eles afirmaram que a a maior parte dos atletas está largando o esporte ou a cidade para treinar em outro lugar.

 “O Estado precisa agir e eu, como ex atleta, vou cobrar do Comitê Olímpico e da Confederação de Canoagem. Precisamos de respostas na busca de maneiras de incentivá-los e mudar este quadro.  O Município precisa assumir o protagonismo do cenário esportivo da nossa cidade. O Rio tem vocação olímpica e o carioca é um apaixonado pelo esporte”, afirmou Felipe Michel.

 

mm

Repórter: Kenia Telles

Jornalista

Leave a Comment