Vitória tensa na Bolívia! Vasco derrotou Jorge Wilstermannn por 3 a 2 nos pênaltis

Foto: Carlos Gregório Jr/ Vasco.com.br

Surreal. Time de São Januário venceu, nos pênaltis, por 3 a 2 e passou à  fase de grupos da Libertadores. No tempo regulamentar, perdeu por 4 a 0. Destaques na partida foram Zenteno, com dois gols, Cristian Chávez e Pedriel. Já nos pênaltis, destaques para Martín Silva, Yago Pikachu e Wellington, do Vasco, Melgar e Jorge Ortiz, do Jorge Wilstermann.

A partida iniciou com o Aviador pressionando o Vasco. Aos 2 minutos, Pedriel cabeceou para baixo, mas o goleiro vascaíno agarrou. De tanto persistir, o Jorge Wilstermann marcou o gol. Aos 5 minutos, Zenteno estufou a rede do Martín Silva. O time do técnico Álvaro Peña quis marcar mais um gol. Foi lá e fez. Aos 6 minutos, Pedriel esticou a rede vascaína, de cabeça, após o cruzamento de Serginho. Não demorou muito para que o placar aumentasse para o time boliviano. Aos 16 minutos, Cristian Chávez balançou a rede, após o cruzamento de Serginho. Após ter sofrido três gols com pouco tempo de jogo, o Gigante tentou e não conseguiu diminuir o placar.  O Vasco quase fez um favor para o adversário. Aos 20 minutos, Paulão desviou a trajetória da bola e quase fez gol contra. Mesmo com muitos ataques e contra-ataques não houve mais gols.

No retorno para o segundo tempo, o time de São Januário foi com tudo para cima do Aviador. A 1 minuto, Wagner arriscou de longe e a bola saiu do campo. A reação do Jorge Wilstermann veio logo em seguida. Aos 14 minutos, Serginho tocou para Álvarez, mas Paulão cortou a jogada. O time boliviano resolveu alterar a equipe: saiu Pedriel e entrou Lucas Gaúcho. O Ggante também resolveu mexer: saiu Wagner e entrou Rildo. Depois, saiu Evander para entrar o Thiago Galhardo. Mesmo com essa movimentação toda, o Aviador ampliou mais ainda o placar. Aos 25 minutos, Zenteno estufou a rede do goleiro Martín, de cabeça, após cobrança de falta de Serginho. Mesmo perdendo de quatro gols, o Vasco mexeu outra vez. Saiu Paulinho para entrar Riascos. O time boliviano também usou a substituição. Saiu Saucedo para entrar Jorge Ortiz. Depois de muitos ataques e contra-ataques a partida foi para os pênaltis.

Na cobrança de penalidades quem começou a cobrança foi o Vasco. Andrés Ríos chutou e estufou a rede. Lucas Gaúcho cobrou e o goleiro vascaíno defendeu. Yago Pikachu chutou e esticou a rede do goleiro adversário. Melgar cobrou e conseguiu diminuir a diferença. Desábato chutou e acertou a trave. Meleán cobrou e Martín Silva defendeu. Wellington cobrou e acertou no ângulo. Jorge Ortiz chutou e marcou. Rildo cobrou e perdeu. Por último, Alex Silva chutou e não marcou.

O próximo jogo do Gigante, pela primeira rodada do grupo 5 da Libertadores, será contra o Universidad de Chile, em São Januário, terça-feira, 13 de março, às 21h30 (horário de Brasília).

mm

Repórter: Equipe Vitrine Esportiva

Reportagens feitas pelo nosso time de jornalistas do Rio de Janeiro e São Paulo.

Attachment

mm

equipe-vitrine-esportiva

Reportagens feitas pelo nosso time de jornalistas do Rio de Janeiro e São Paulo.

Leave a Comment