Serrano vence Olaria fora de casa e se recupera na Série B1 do Campeonato Carioca Alvianil de Petrópolis é cirúrgico, resiste a pressão dos donos da casa e leva vitória para a "Terra de Pedro"

Olaria e Serrano aguardando o apito inicial do árbitro – Créditos: Marcio Miceli de Oliveira

Em partida válida pela terceira rodada do Carioca B1, no último sábado, em Conselheiro Galvão, às 15 horas, Olaria e Serrano protagonizaram um jogo tenso em campo, de muita animosidade e nervos à flor da pele. Os comandados de Maurinho, ex-lateral direito rubro-negro, que foi titular absoluto do time do Flamengo no final da década de 1990 e início da de 2000, surpreenderam a tradicional equipe alvianil da região da Leopoldina e venceram por 2 x 1, marcando um gol a cada tempo. Já o alvianil suburbano descontou aos 27 minutos do segundo tempo e, até o fim do jogo, exerceu forte pressão sobre a equipe da serra Fluminense. O jogo foi realizado no estádio Aniceto Moscoso, em Madureira, já que o tradicional campo da Rua Bariri, localizado no clube homônimo, Olaria Atllético Clube, não foi liberado pela Federação Estadual de Futebol do Rio de Janeiro – FERJ – por não apresentar os laudos técnicos com a liberação do estádio. E se a partida começou morna, com chances de lado a lado e uma maior pressão exercida pela equipe visitante, até o apito final do árbitro muita coisa poderia ter acontecido se dependesse dos dirigentes do Olaria, que estavam presentes no estádio e pressionaram muito o trio de arbitragem durante todo o jogo. Muito por conta de não concordarem com diversas marcações contra sua equipe, mas que não chegaram a ser tão polêmicas assim.

O Serrano começou melhor, mesmo jogando fora de casa. De uniforme branco, parecia sentir menos o calor que fazia em Madureira, apesar de ser da serra, do que a equipe do Olaria, mais acostumado a jogar sob altas temperaturas. Depois de algumas chances desperdiçadas, aos 24 minutos do primeiro tempo, após uma cobrança de falta próximo a grande área, praticamente um mini córner, a bola foi alçada na área e o atacante do Serrano cabeceou com precisão, inaugurando o placar. Logo depois, após contusão de um jogador da equipe do Serrano, o Olaria tentou esboçar alguma reação mas não conseguiu empatar antes do fim do primeiro tempo. Veio o segundo tempo e não deu nem tempo de a equipe suburbana reagir porque, logo aos dois minutos, após cochilo da zaga, o Serrano se aproveitou de um contra ataque e, após nova bola cruzada na área, só que desta vez por baixo, ampliou o placar para 2 x 0. Logo após o segundo gol sofrido, a equipe alvianil do subúrbio passou a exercer forte pressão diante da equipe Petropolitana, só que de maneira desordenada. Após algumas substituições, o time da capital fluminense continuou mais incisivo, até que aos 27 minutos do segundo tempo, em um belo chute de fora da área pela direita, que encobriu o goleiro do time da serra, diminuiu o placar para 2 x 1 e botou fogo no jogo. A pressão continuou, outros gols foram perdidos pelo time mandante, mas o placar ficou nisso. Serrano 2 x 1 Olaria e recuperação da equipe de Petrópolis no campeonato, que havia perdido seu último jogo em casa para o time do Audax/Miguel Pereira por 1 x 0. Já o Olaria continua sem vencer e tem um empate e duas derrotas na competição.

Os demais resultados da terceira rodada da Série B1 foram os seguintes: Duque de Caxias 0 x 1 Gonçalense, no Marrentão, em Xerém. Audax/Miguel Pereira 2 x 0 Nova Cidade, no Fructuoso Fernandes, em Miguel Pereira. Rio São Paulo 0 x 2 Maricá, no Luso Brasileiro, na Ilha do Governador. Goytacaz 1 x 3 Angra dos Reis no Antônio F. Medeiros, em Cardoso Moreira. Sampaio Côrrea 2 x 1 Nova Iguaçu, no Lourival Gomes, em Saquarema, Campos 0 x 0 Bonsucesso no Antônio F. Medeiros, em Cardoso Moreira e Artsul 3 x 1 São Gonçalo, no Nivaldo Pereira, em Austin, Nova Iguaçu. Todas as partidas foram realizadas no último fim de semana. Os jogos da quarta rodada do campeonato e que serão realizados nesta quarta-feira são os seguintes: Serrano x Duque de Caxias, no Atílio Marotti, em Petrópolis. Nova Cidade x Olaria, no Joaquim Flores, em Nilópolis, Serra Macaense x Audax / Miguel Pereira no Ubirajara Reis, em Casimiro de Abreu e Gonçalense x Rio São Paulo, no Alzirão, em Itaboraí. Todos os jogos serão realizados às 15 horas.

 

mm

Repórter: Marcio Miceli

Jornalista

mm

marcio-micelli

Jornalista

Leave a Comment