Pelo Grupo X Nova Iguaçu vence América em Moça Bonita Em tarde inspirada do goleiro Jefferson "Laranjinha da Baixada" vence com um jogador a menos

Pela penúltima rodada do Grupo X do Campeonato Carioca, em partida disputada às 16h30 no estádio Proletário Guilherme da Silveira, em Bangu, América x Nova Iguaçu fizeram um jogo movimentado e com muitas chances de gol. Apesar das maiores chances terem sido do América, a partida terminou em 1 x 0 para os visitantes. O gol aconteceu após cobrança de pênalti convertida por Paulo Henrique, já nos acréscimos do primeiro tempo. Ainda na primeira etapa, após duas faltas violentas do jogador do Nova Iguaçu, o Laranjinha da Baixada ficou com um jogador a menos e mesmo assim os Diabos Vermelhos não souberam aproveitar a vantagem numérica para vencer o jogo.

Desde o início do embate a equipe americana criou muitas jogadas e perdeu muitos gols. Em boa parte, também, graças ao goleiro do Nova Iguaçu, que fez defesas milagrosas ao longo de toda a partida. A equipe da Baixada Fluminense, ainda no primeiro tempo, também teve algumas chances de abrir o placar mas só conseguiu mesmo no final do primeiro tempo quando, após uma cobrança de falta a seu favor próxima da meia lua da grande área, a bola resvalou no braço do jogador americano dentro da área e o juiz assinalou o pênalti. A cobrança foi convertida por Paulo Henrique, que bateu com extrema categoria e deslocou o goleiro, inaugurando, assim, o marcador antes do fim da primeira etapa.

Já no segundo tempo o que se viu foi um massacre da equipe Tijucana e o jogo se transformou em uma verdadeira partida de ataque contra defesa. Só que na meta do Nova Iguaçu havia um atleta inspirado, motivado e que estava roubando a cena no duelo pelo Grupo X: o goleiro Jefferson. O Guarda Metas da Baixada continuou realizando defesas milagrosas e garantiu a vitória de seu time. E ainda contou com a sorte em lances que bateram na trave e no travessão, que estavam ali para ajudar. Afinal de contas, todo bom goleiro que se preze também tem que dispor de sorte.

No final do jogo entrevistamos o herói da partida, que estava muito satisfeito com a sua atuação e afirmou que é importante ter sorte e também fez questão de exaltar seu treinador de goleiros:

“Sem dúvida, a gente tem que ter um quê de sorte. A gente trabalha muito e temos um treinador de goleiros que é fora de série. Na sua carreira de atleta sempre foi um cara vitorioso.”

Jefferson também afirmou que a vitória na tarde de hoje aconteceu não só por causa dele mas por causa de toda a equipe:

“A gente divide o mérito com toda a equipe, que foi valente demais jogando com um a menos contra uma equipe que buscou o gol o tempo todo”.

O resultado final praticamente garantiu o Nova Iguaçu na seletiva de 2020 do Campeonato Carioca e praticamente rebaixou o América, que terá de torcer para que na partida que será realizada amanhã, pelo complemento da rodada, entre Macaé x Goytacaz, a equipe de Campos, última colocada do Grupo X, vença fora de casa. Mas para o goleiro Jefferson, a vitória do Macaé amanhã será muito importante para garantir a equipe do Nova Iguaçu na seletiva do Campeonato Carioca de 2020:

“Vamos torcer para uma vitória do Macaé amanhã que a gente acaba com esse sofrimento antecipadamente”.

Na última rodada do Grupo X, o América receberá a equipe do Goytacaz novamente em Moça Bonita e o Nova Iguaçu enfrenta o Macaé em casa. Ambos os jogos serão realizados no próximo sábado, dia 23/02/19 e iniciarão no mesmo horário, às 16h30, pelo horário de Brasília. Em caso de vitória do Macaé amanhã a última rodada não valerá nada porque tanto Nova Iguaçu como Macaé estarão garantidos na seletiva e tanto América como Goytacaz estarão rebaixados para a Série B do Cariocão.

 

mm

Repórter: Marcio Miceli

Jornalista

Leave a Comment