Mais uma derrota para o Vasco Desembargador mantém decisão da juíza e não suspende dívida do Clube com Espetto Carioca

O desembargador Bernardo Moreira Garcez Neto, da 10 Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, negou nesta sexta-feira (17/08), a suspensão de arresto cautelar de mais de um milhão na conta do Clube de Regatas Vasco da Gama dada pela Juíza Leticia D’ Aiuto de Moraes Ferreira Michelli, da 28ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. 
Segundo o desembargador o arresto foi deferido com base nas provas dos autos. 

Foto: Paulo Fernandes/Clube Regatas Vasco da Gama

Os valores cobrados pela empresa são referentes ao fornecimento de alimentos para funcionários e jogadores do Clube. O Espetto Carioca trabalhou por três meses sem receber. 
Agora serão discutidos judicialmente os dois milhões e meio de multa por quebra de contrato.

mm

Repórter: Kenia Telles

Jornalista

Leave a Comment