Flamengo empata na sua estréia pelo Brasileirão Arbitragem comete alguns erros numa emocionante partida

Imagem:globo.com

O rubro-negro carioca foi muito bem. Emocionante e deixando todos os rubro-negros cariocas e baianos tensos com um jogo bem diputado que terminou empatado após o Flamengo estar duas vezes na frente no placar. O time atuou muito pelo meio e seus atacantes, mesmo o gol da temporária ter sido marcado pelo zagueiro Réver. O placar de 2 a 2 teve alguns erros da arbitragem prejudicando os dois lados. O juiz foi Wagner Reway.

Na primeira etapa o jogo já começou como o torcedor gosta: Emocionante. No primeiro minuto o Flamengo com Lucas Paquetá abriu o placar. O Vitória chegou no gol do Vitória com Uillian, que chuta e Diego defende. Quando  a polêmica iniciou no Barradão! Confusão na área do Flamengo. Rodrigo Andrade chuta e Diego Alves defende, no rebote Rhayner chuta e a bola bate no rosto de Éverton Ribeiro e o árbitro marca pênalti, alegando que foi uma defesa do atleta com as mãos. Após a reclamação do Mengo, Yago bateu aos 12 minutos e empatou.

O jogo do primeiro minuto. Mal começa o segundo tempo e o rubro-negro baiano quase marca com Uillian Corrêa, o atacante bate e Diego outra vez defende, mantendo o empate. Aos 26 o Flamengo deu uma bela resposta com Diego cobrando falta e a bola sobrando para uma cabeçada de Rever colocando o Mengo na frente. Mas o time carioca não comemorou muito, pois quatro minutos depois o Vitória empatou com Denílson de cabeça também, sem chance para o Diego Alves.

O jogo passou para o famoso lá e cá até os 48 minutos quando o árbitro apitou o fim do jogo. O Flamengo e o seu adversário ficam com apenas um ponto, o placar foi melhor para o time carioca, que jogou fora de casa e no próximo sábado no Maracanã o time joga contra o América-MG pela segunda rodada do Brasileirão.

 

mm

Repórter: Ricardo Souza

Jornalista

Attachment

mm

ricardo

Jornalista

Leave a Comment