Equipes cariocas passam em branco pela décima primeira rodada do Brasileirão Vasco, Botafogo e Fluminense deixam a desejar e somam apenas 1 ponto em 9 possíveis

Desde o início do Campeonato Brasileiro 2020, há pouco mais de um mês, esta foi a segunda rodada que nenhum dos times cariocas terminou vencedor em seus jogos. Considerando, porém, que pela primeira rodada da competição Vasco e Botafogo não jogaram pois tiveram seus jogos adiados e apenas Flamengo e Fluminense entraram em campo, esta foi a de pior desempenho pelos times cariocas. No primeiro jogo envolvendo as equipes do Rio de Janeiro, neste domingo às 16hs, disputado no estádio Couto Pereira, entre Coritiba x Vasco, a equipe cruzmaltina, que antes do início da rodada estava no G-4, não repetiu as boas atuações das partidas anteriores e, no final do jogo, quase nos acréscimos, quando a partida dava indícios de que terminaria empatada, cometeu um pênalti infantil através do lateral Yago Pikachu, marcado pelo VAR. O lateral vascaíno puxou a camisa do atacante do “Coxa Branca” na pequena área em um lance aparentemente despretensioso e o atacante paranaense, Sabino, caminhou para a bola, tentou uma “cavadinha”, mas o goleiro Fernando Miguel defendeu bem. Só que o VAR novamente foi acionado pois o goleiro vascaíno mexeu muito as pernas dentro do gol e acabou se adiantando, transformando a defesa em um lance irregular. A cobrança, então, foi repetida mas, desta vez, o jogador do Coritiba não desperdiçou a chance, colocou para dentro e deu números finais ao jogo.

Já às 18h15, na partida disputada no Engenhão, entre Botafogo x Santos, a equipe alvinegra do Rio de Janeiro, demonstrou mais uma vez que sofre da síndrome de “empatite” no Campeonato. Afinal, em dez jogos disputados até aqui, foram apenas uma vitória, duas derrotas e sete empates. O Glorioso e o alvinegro da Baixada Santista empataram em 0 x 0 e praticamente mantiveram suas posições na tabela. O Santos até teve mais chances no segundo tempo de sair vencedor, porém, mais uma vez o goleiro Gatito Fernandez, um dos destaques do Botafogo, fez grandes defesas e garantiu o resultado. E pelo último jogo da rodada, às 20h30, na Ilha do Retiro, Sport x Fluminense mediram forças e os rubro-negros pernambucanos saíram com a vitória, também após um pênalti infantil cometido por Egídio logo no início do segundo tempo, logo aos dez minutos. O artilheiro Hernane “Brocador” bateu com categoria e fez Sport 1 x 0 Fluminense. O Tricolor das Laranjeiras entrou em campo com um time misto, já que o treinador Odair Hellmann decidiu poupar alguns titulares para o duelo de volta pela quarta fase da Copa do Brasil, diante do Atlético Goianiense. No primeiro tempo o Sport foi superior, mas, no segundo tempo, a equipe tricolor pressionou os donos da casa e acabou perdendo inúmeros gols, principalmente nos vinte minutos derradeiros da partida.

O Flamengo, que enfrentaria o Goiás em casa, teve seu jogo adiado para o próximo dia 13/10 porque irá jogar pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América nesta terça-feira, às 19h15, diante da equipe do Barcelona de Guayaquil, na casa do adversário, no estádio George Capwell. O rubro-negro vai em busca de reabilitação após a vexatória derrota para o Independiente Del Valle, em Quito, na última quinta-feira. Já Vasco e Botafogo voltam a se enfrentar pelo jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, amanhã, em São Januário. A partida será disputada às 21h30, pelo horário de Brasília, e o Vasco precisa de vitória por um gol de diferença para definir a classificação nos pênaltis ou por dois ou mais gols para se classificar direto para as oitavas de final da competição. Ao Botafogo resta jogar pelo empate ou por outra vitória simples, por um ou mais gols de diferença, para se garantir nas oitavas. O Fluminense vive a mesma situação do Botafogo. Enfrenta a equipe do Atlético Goianiense na próxima quinta-feira, às 20hs, no estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, em busca de um empate ou vitória por qualquer resultado para se garantir nas oitavas de final. Já a equipe goiana resta vencer por 1 gol de diferença para decidir a vaga nos pênaltis ou dois ou mais gols de diferença para se classificar direto.

mm

Repórter: Marcio Miceli

Jornalista

mm

marcio-micelli

Jornalista

Leave a Comment