Doha favorita para sediar final da Libertadores Milhões serão gastos neste trabalho

Enquanto a final da Taça Libertadores não se define, se vai ser realizada ou não, o que está decidido, é que se houver a partida, não será na Argentina. Então, pensando nisso, a Conmebol quer que seja realizada em Doha, até mesmo porque o Mundial de Clubes, que começa no dia 12 de dezembro, acontece na cidade. Para isso, Boca Jrs e River Plate não gastarão um centavo, se a final ocorrer, entre o dia 8 ou 9 e de acordo com o jorna

Foto: Site oficial do River Plate

l “Olé”,  Doha, desembolsaria cerca, 13,5 milhões de dólares (R$ 52 milhões), que serão divididos dessa forma, 750 mil dólares (R$ 2,9 milhões) serão gastos de translado das delegações (40 cada), 2,5 milhões de dólares (R$9,6 milhões) para o River, pelo prejuízo de não jogar no Monumental e 2 milhões de dólares
(R$ 7,7 milhões) ao Boca por danos.

Cerca de 7 milhões de dólares R$27 milhões) serão pagos em prêmios, sendo 70% para o campeão – 4,9 milhões (R$18,9 milhões) – e 30% ao vice – 2,1 milhões de dólares (R$8,1 milhões), mais um milhão de dólares (R$3,8 milhões) para o grupo vencedor e 250 mil dólares (R$ 965 mil) para o perdedor.  Além de reembolsar os torcedores do River que não puderam assistir a partida no Monumental de Nuñez.

Por: Thiago Silva

Foto: Getty Images

mm

Repórter: Ricardo Souza

Jornalista

Attachment

mm

ricardo

Jornalista

Leave a Comment