Tristeza tricolor! Time do técnico Abel não foi páreo para o Atlético Paranaense, perdendo por 3 a 1

Foto: Mailson Santana/ Fluminense.com.br

Turbulento. Fluminense perdeu por 3 a 1 para o Furacão na Arena da Baixada. Com isso, o time do técnico Abel está, por enquanto, em décimo primeiro lugar com 31 pontos. Destaques para Henrique Dourado, do tricolor, Jonatnhan, Felipe Gedoz e Ribamar do Atlético Paranaense.

A partida começou com o Fluminense pressionando o adversário. A 1 minuto, Henrique Dourado chutou forte e a bola saiu pela linha de fundo, após a falha da defesa do Furacão. A resposta do Atlético veio em seguida. Aos 2 minutos, Gedoz fez lançamento para Jonathan, mas a bola saiu pela linha de fundo. O time do técnico Fabiano Soares não desistiu de marcar o gol. Aos 5 minutos, Pablo tentou dar um passe para Ribamar, contudo a defesa tricolor colocou para escanteio. O time do técnico Abel respondeu no ato. Aos 8 minutos, Wellington Silva roubou a bola, cruzou e finalizou para fora do campo. O tricolor paranaense não ficou abalado e respondeu no mesmo nível. Aos 10 minutos, Nikão chutou dentro da grande área, mas a pelota saiu, após passe de Pablo. O Furacão tentou outra vez estufar a rede adversária e não conseguiu. Aos 16 minutos, Nikão ajeitou na área, chutou e mandou para fora. A pressão continuou contra o Flu. Aos 17 minutos, Ribamar chutou de fora da grande área, mas o goleiro Júlio César defendeu. Após muitos ataques e contra-ataques, o Fluminense conseguiu sair na frente. Aos 46 minutos, Henrique Dourado esticou a rede do goleiro Weverton, de cabeça, após a cobrança de escanteio de Scarpa.

Foto: Mailson Santana/ Fluminense.com.br

Antes de a partida reiniciar, o Furacão fez uma alteração: saiu Lucho González para entrar Matheus Rossetto.

No retorno para o segundo tempo, o Atlético foi com tudo para cima do Fluminense. Aos 2 minutos, Ribamar foi derrubado dentro da grande área por Frazan, porém o árbitro não marcou. De tanto persistir, o Furacão conseguiu igualar o placar. Aos 11 minutos, Felipe Gedoz cobrou falta de fora da grande área e o goleiro Júlio César nem se mexeu. Com a partida empatada, o Atlético foi buscar ampliar o marcador. Ainda não foi dessa vez. O técnico Fabiano Soares mexeu na equipe: saiu Pablo e no lugar entrou Matheus Anjos. Depois: entrou Sidcley e saiu Felipe Gedoz. O time do técnico Abel, também, resolveu fazer as suas alterações: saiu Welligton Silva para entrar Peu. Depois: saiu Richard e no lugar ficou Renato. E mais tarde: saiu Henrique Dourado para entrar Marcos Junior. A pressão do adversário foi tanta que, finalmente, o segundo gol do Furacão aconteceu. Aos 34 minutos, Ribamar estufou a rede adversária com um chute dentro da grande área, após passe de Sidcley. Após ter feito o segundo, o tricolor paranaense fechou a conta. Aos 45 minutos, Jonathan balançou a rede adversária com um chute rasteiro, após jogada de Rossetto.

O próximo jogo do tricolor será contra o Palmeiras, pela vigésima quinta rodada do Brasileirão, no Maracanã, 24 de setembro, domingo, às 16 horas (horário de Brasília).

mm

Repórter: Pedro Serpa

Jornalista

mm

pedro-serpa

Jornalista

Leave a Comment