Botafogo goleia a Portuguesa e mantém chances de classificação na Taça Rio Apesar da fraca atuação na partida Glorioso joga o suficiente no segundo tempo e garante os três pontos

Pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da Taça Rio, o Alvinegro carioca jogou o famoso “feijão com arroz” no segundo tempo e goleou a equipe da Portuguesa, última colocada da competição, por 4 x 1. A partida foi realizada no estádio Nilton Santos, às 21h30, pelo horário de Brasília, e manteve as chances de classificação da equipe botafoguense para as semifinais do segundo turno do Campeonato Carioca. Em noite de muita chuva no Rio de Janeiro e pouco público no estádio – apenas 1.400 torcedores foram prestigiar a partida – o Botafogo construiu todo o resultado final do jogo no segundo tempo, que foi animado.

No primeiro tempo o time treinado por Zé Ricardo entrou sonolento na partida, errando muitos passes, criando pouquíssimas chances de gol e levando sufoco da Lusa Carioca, que marcava sob pressão a saída de bola do Botafogo. Chance mesmo apenas uma, logo no primeiro minuto de jogo, perdida por Diego Souza. A Portuguesa, ao contrário, fazia um jogo bem sólido e perdia muitas oportunidades de abrir o marcador. Em um lance polêmico, a equipe da Ilha do Governador teve um pênalti marcado a seu favor pela arbitragem porém, quando se preparava para efetuar a cobrança, o juiz do jogo, após consultar o árbitro assistente, voltou atrás e cancelou a penalidade.

No segundo tempo, porém, tudo mudou. Logo aos oito minutos do segundo tempo, após bola cruzada na área que resvalou no travessão, a bola sobrou limpa para Diego Souza, que fez seu primeiro gol com a camisa do Botafogo em seu segundo jogo com a camisa botafoguense. Dois minutos depois foi a vez do meia Gustavo Ferrareis, que estava sendo vaiado pela torcida alvinegra, ampliar para 2 x 0 após chute seco e cruzado. A Portuguesa não se intimidou com a desvantagem no placar e, após um contra-ataque rápido diminuiu para 2 x 1 e voltou a dar emoções a partida. Porém não demorou para o Botafogo ampliar para 3 x 1, em um golaço do meia Alex Santana. Com a partida praticamente decidida, a Portuguesa afrouxou a marcação e o jogo ficou fácil para o glorioso, que após bela jogada individual do atacante Rodrigo Pimpão, cruzou para o meio da área e o zagueiro da Lusa marcou contra e deu números finais ao jogo: 4 x 1.

Com o empate entre as equipes da Cabofriense e do Volta Redonda pelo placar de 1 x 1, o Botafogo manteve acesa sua chances de classificação as semifinais da Taça Rio, porém ainda depende de uma combinação de resultados e não apenas de si. Na última rodada do segundo turno a equipe alvinegra enfrenta o time do Americano, de Campos, fora de casa e, para se classificar precisa vencer seu jogo, torcer para o Fluminense derrotar o Flamengo, além de torcer para que o Cabofriense não vença o Madureira no estádio Aniceto Moscoso, em Conselheiro Galvão. Todas as partidas irão ocorrer no domingo e iniciar às 16hs, pelo horário de Brasília. Já a Portuguesa, última colocada na classificação geral e garantida na seletiva 2020, encerra sua participação na competição diante do Resende, em Moça Bonita. Ambas equipes não possuem mais nenhuma chance de classificação.

mm

Repórter: Marcio Miceli

Jornalista

Leave a Comment