Bonsucesso e Sampaio Côrrea empatam por 1 x 1 na Rua Bariri Em partida válida pela quinta rodada da Série B1, equipes fazem segundo tempo movimentado

 

Visão parcial do tradicional campo da Rua Bariri, palco da partida entre Bonsucesso x Sampaio Corrêa – Créditos: Marcio Miceli de Oliveira

Em confronto válido pela quinta rodada da Série B1 do Campeonato Carioca, a segunda divisão de futebol profissional, Bonsucesso e Sampaio Côrrea, de Saquarema, jogaram no último domingo à tarde, no estádio Antônio Mourão Vieira Filho, popularmente conhecido como Rua Bariri, no tradicional clube alvianil da zona da Leopoldina, Olaria, localizado na rua de mesmo nome. De folga na última rodada, Bonsucesso e Sampaio Côrrea entraram em campo vindo de resultados distintos na competição. A equipe mandante havia empatado com o Campos por 0 x 0 fora de casa e a visitante vinha de vitória em casa por 2 x 1 diante do Nova Iguaçu, no litoral carioca. O jogo foi disputado sob chuva fina e temperatura amena neste domingo nem um pouco ensolarado. A ansiedade pelo jogo era tanta que o árbitro da partida iniciou a partida três minutos antes do horário oficial, de 15hs.

Eram 14h56 e foi concedido um minuto de silêncio em homenagem às vítimas de Covid-19 pelo mundo e às 14h57 a bola começou a rolar. O Bonsucesso, com seu tradicional uniforme azul-grená, que lembra as cores do Barcelona, nem parecia o time da casa, tamanho o sufoco que sofria de seu adversário. Vale destacar que em uma jogada totalmente isolada e de pura falta de sorte, o jogador do Sampaio Côrrea, o time visitante, se contundiu sozinho e, após uma lesão muscular, teve de ser substituído logo aos 3 minutos do primeiro tempo. De volta ao jogo, o time rubro-anil da zona da Leopoldina sofria pressão do Galinho da Serra e, aos 42 minutos da primeira etapa, após falha gritante de sua zaga na saída de jogo, perdeu a bola para o time adversário que cruzou a bola para a entrada da pequena área e estufou as redes: Bonsucesso 0 x 1 Sampaio Côrrea.

Aquela altura não havia muito o que mudar no primeiro tempo. Veio a segunda etapa e, logo na saída de jogo, o Bonsucesso armou um contra ataque fulminante, seu atacante invadiu a área e foi derrubado pela zaga adversária: pênalti logo aos 30 segundos de jogo. O atacante do “Bonsuça” caminhou para a bola e cobrou com categoria empatando a partida: Bonsucesso 1 x 1 Sampaio Côrrea. Desta vez foi o Bonsucesso quem começou a dominar as ações do jogo, criando algumas chances de gol e perdendo a chance de virar o marcador. Porém, este domínio do time da casa só durou até a metade do segundo tempo, quando a equipe do Sampaio Côrrea voltou a equilibrar a partida e também desperdiçou algumas chances de gol. No entanto, apesar da insistência das equipes no segundo tempo, que proporcionaram uma partida muito mais movimentada, nenhum deles mexeu mais no placar e o jogo terminou mesmo empatado, após uma última jogada ríspida envolvendo os clubes.

Com o resultado, a equipe do Sampaio Côrrea assumiu a vice-liderança do grupo B, com 8 pontos em 4 jogos (2 vitórias e 2 empates) e o Bonsucesso estacionou na quarta posição, com 6 pontos em 4 jogos (1 vitória e 3 empates). Ambas equipes continuam invictas na competição. Agora os times folgam novamente na próxima rodada, a sexta, que terá partidas apenas pelo Grupo A, e voltam a jogar no próximo fim-de-semana, pela sétima rodada da competição. O Galinho da Serra joga em casa, no próximo sábado, às 15hs, e recebe a equipe do Campos no estádio Lourival Gomes e o Bonsucesso visita a equipe do Goytacaz, também de Campos, no mesmo dia e horário, no estádio Ary de Oliveira, no Norte Fluminense. Os demais resultados da quinta rodada foram os seguintes: Duque de Caxias 1 x 0 Nova Cidade, Olaria 2 x 2 Serra Macaense, Rio São Paulo 0 x 1 Serrano, Maricá 1 x 1 Gonçalense, Nova Iguaçu 3 x 0 Goytacaz, São Gonçalo 2 x 1 Campos e Angra dos Reis 4 x 0 Artsul.

mm

Repórter: Marcio Miceli

Jornalista

mm

marcio-micelli

Jornalista

Leave a Comment